sábado, 6 de setembro de 2014

MARINA, QUER SER MITO?

MARINA SILVA, CANDIDATA A PRESIDENTE DO BRASIL, EVANGÉLICA.
O que acontece na história com os personagens populares? Muitos deles viram mito, e a sua trajetória transforma a literatura real em ficção. Marina pode assumir esse risco, e continuar sua vidinha pública sem nenhum remorso, afinal ela vem da linhagem dos excluídos, da base do PT, DOS SERINGAIS  e agora envereda pelo campo espiritual comas sandálias da humildade. Mas, em quanto tempo dona Marina trocará suas sandálias pelas botas da opressão? Quando o cajado estiver em suas mãos e seus súditos aos seus pés, o que a fará pensar imparcialmente e a tomar suas decisões? A bíblia? o aconselhamento de um homem religioso? ou sua história de lutas e sofrimento? Aos mitos, que preservam as páginas dos livros antigos, a morte lhes é a coroa da glória. O fim é a estima que todos, os verdadeiros e coerentes, pretendentes a mito; vivenciam a cada  instante com a sua prática. Então será que foi mesmo Deus que a impediu de entrar naquele avião? Será que há um destino traçado na história do Brasil e do Mundo que entronizem o "Verbus" e a dualidade comprometedora da incoerência política num capítulo dos livros de história? Não saberemos ainda. Dia 05 de Outubro se aproxima. A corrida entra na curva final e a reta é uma questão de tempo, o fôlego estratégico; espiritual ou não, determinará a raia que melhor conduzirá, seus algozes,  ao triunfo. Que estejamos cientes de uma comodidade rasteira na política e uma eferverscência, quase esquizofrênica,  religiosa em nosso país por esses dias.  

DESPORTISTA ESQUECIDO - UMA MANCHA NA CULTURA ESPORTIVA

Pinguim, exibindo parte de suas medalhas
 Este é mais um cidadão desportista esquecido pelas autoridades e pelo tempo. Seu nome? Aglimário mais conhecido por "Pinguim", parnamirinense, casado e com residência fixa na rua primeiro de Janeiro, número quarenta e nove no bairro de Água vermelha. Competidor e campeão ciclista que tanto fez pelo seu Estado, hoje o "Pinguim" como é conhecido popularmente mora em uma casa simples na cidade de Parnamirim, vive com sua companheira e dois cães. Mas nunca deixou o grande amor pelo esporte de lado. Em sua magrela, estimada em dois mil reais e trajado a caráter, ainda exercita suas pedaladas pelas rodovias do Estado. Anônimo, sem patrocínio, nem ajuda dos órgãos públicos, sonha em ser reconhecido, não com a fama,  mas com o devido respeito que sua carreira e dedicação ao esporte lhe deram. Aqui fazemos o registro desse desportista, que ficou marcado na história triste do abandono e da falta de cultura de nossa gente.
Em sua magrela, orgulho de dois mil reais


A casa simples ao lado BR 101, palco dos treinos.


























sexta-feira, 5 de setembro de 2014

SOMOS PRETOS COMO O AZUL DO MAR



Quando aprenderemos a nos valorizar? A vida acorda sem a percepção das cores. Um dia somos tachados de cor e isso transforma a maneira de viver para sempre. Somos apenas uma cor? As correntes são as nossas joias? Nosso legado é o lixo, as sobras? Nunca saberemos ao certo. O que incomoda mesmo é o sentimento de não pertencer ao mesmo mundo. Nossas vidas são apenas números. Por que?





















OS GRANDES PARTIDOS PEQUENOS

Fundado em Julho de 2004
Fundado em 25 de Março de 1922
Fundado em um congresso realizado em 1993


Quando vamos democratizar o direito neste país? 
 A palhaçada começa quando assistimos aos próprios partidos políticos brigando por seu reconhecimento e evidentemente espaço na mídia e também no bolo do serviço público. Destacamos alguns que historicamente não se deixam levar pelas mazelas do oportunismo e vivem a grandeza da marginalidade politica em nosso país.  E o que adianta isso? Uma gosma de palavras e encheção de saco do politicamente correto, e isso, é o caralho. Nada se serve dos sonhos do outro. Nada se serve dos desejos do outro se não for acorrentado aos interesses ocultos da universalidade politica. Tudo cheira mal.  Todos parecem iguais. Os discursos são os mesmos e apenas mudam o tom. Nunca vimos tanto mentiroso na tv, oportunistas e brigões por mais uma migalha de tempo  para expor suas mentiras utópicas. Não sei onde vamos parar com esse engodo e até onde o povo vai engolindo  tanta farsa e tanta mentira.   Vamos dedicar essas palavras aos menos vistos, os que ainda não sujaram suas mãos com a grana do sucesso. Um apoio que fazemos e nem concordamos tanto, apenas fazemos para dar visualização e dizer ao povo que vocês existem. Os motivos?  a gente já conhece!!!


fonte : Wikipédia

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

A LUTA É CONTINUA

UMA PESSOA DE CORAGEM E ESTRATEGICAMENTE  CORRETO




















Tá ai, um camarada que merece nosso respeito. Corajoso e sensato. Fez o que poucos tem a coragem de fazer. Eu não sou gay e isso não importa aqui, o que importa é parabenizar a ousadia e estratégia desse candidato, sua opção sexual nem devia ser exposta numa situação dessas, mas vivemos numa barca tão hipócrita que este é um objeto de consciência e liberdade. Afinal vivemos uma democracia. Mais uma vez parabéns.   

ATEUS NÃO SÃO ASSASSINOS!

Atualmente os brasileiros estão assumindo sua posição frente a este preconceituoso mundo religioso, e com uma coragem medieval confessam-se sem religião ou simplesmente ateus. O que podemos pensar sobre isso? quem são estes novos brasileiros? o que eles pensam e como se intitulam, diante de uma sociedade religiosa?              
ATEA - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ATEUS E AGNÓSTICO - FUNDADA EM: 31 de agosto de 2008 por Daniel Sottomaior, Alfredo Spínola e Mauricio Palazzuoli.  (SEDE VIRTUAL: http://www.atea.org.br/)
Existe a Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos ATEA (http://www.atea.org.br/) que tem em média 15.000 membros enquanto que seguidores no facebook sejam quase 300.000. Há uma perseguição social quanto ao seguimento religioso que a pessoa brasileira deva seguir. Os membros de religiões Afro nem sempre foram vistos como praticantes de uma religião em si. Haviam sempre preconceitos sobre as suas práticas religiosas, que não eram oriundas do bem, e que só podiam vir do demônio e seus seguidores. Os Ateus sempre foram ignorados e viviam a margem da sociedade. Nunca expunham suas posições religiosas em público pois isso causava um enorme embaraço. O que é surpreendente é a falta de conhecimento dos ditos religiosos para com os sem religião. Se você confessa que é Ateu em público, isso parece te causar um câncer na pele, e todos agora parecem que estão ao lado de um ET. Então, você se sente mal, você mesmo sem querer deixou crescer esse câncer em você mesmo. Mas as coisas estão mudando. A suécia é um País com maior número de Ateus. E vive muito bem obrigado.