sábado, 1 de outubro de 2016

REVOLUÇÃO CUBANA SEM RESTRIÇÕES AO CAPITALISMO






  • ESTÁ NA HORA. REPITAM COMIGO: O PODER ESTÁ COM O POVO.
  • TOMAR UMA COCA COLA POR VEZ
  • PROPOR UM DOCE SAUDÁVEL
  • NUNCA SERÁ UNÂNIME
  • MAS PODE SER TESTADO.

MEU VOTO EU VENDO


  • QUEM ME PEDE UM VOTO EU DEVOLVO UM VALOR SINCERO
  • ME JUSTIFIQUE O SEU VOTO HIPER VALORIZADO NO CONGRESSO QUE EU DESCONSIDERO MEU NEGÓCIO.
  • MEU VOTO TEM PREÇO SIM. DESMISTIFICO OS HOSPITAIS, AS ESCOLAS E A SEGURANÇA PRECÁRIA. SE COM A CORRUPÇÃO EM ALTA, NADA É RESOLVIDO, IMAGINE SEM ELA, COMO VAMOS NEGOCIAR?
  • QUEM ME PEDE UM VOTO EU DEVOLVO MEU PREÇO.
  • NÃO SOU UM CRIMINOSO. NEM TÃO POUCO O OUTRO O É. SOMOS A NOSSA CULTURA SEM MÁSCARAS. SOMOS OS BONS PALHAÇOS ASSALTANDO A PIPOCA DO SEU FILHINHO. UMA INSIGNIFICANTE PIPOCA.
  • NÃO FAÇO APOLOGIA DO MEU NEGÓCIO. MAS VEJO SEU CARGO PÚBLICO COM Q.I. POLÍTICO.
  • ENTÃO VAMOS SER QUEM SOMOS. QUEM SOMOS? 

NOSSOS DEMÔNIOS DE CADA DIA NOS PERDOAI A FORÇA.


  • A SORTE SORRIU PRA MIM. ME PEDIU UM REAL E DESPIU-SE EM MISTÉRIO E DANÇOU PELA SIMPATIA HIPÓCRITA DE SUA FÉ.
  • AS SERPENTES DOS MEUS VÍCIOS, ADORMECIDAS,  ACORRENTADAS NO FUNDO DE MEU ESPÍRITO SEMPRE SERPENTEIAM TUDO.  
  • NÃO CONSIGO SER UM SÓ COM CADA QUAL O TEMPO TODO. O TEMPO TODO EU QUERO SER UM SÓ. SER UM SÓ É IMPOSSÍVEL.