domingo, 17 de agosto de 2014

A colunista Mônica Bergamo, uma das jornalistas mais bem informadas do País, publicou, nesta tarde, uma nota que representa uma guinada nas especulações eleitorais; segundo ela, o PSB estuda lançar a candidatura de Luiza Erundina, ex-prefeita de São Paulo e filiada ao partido, como candidata à presidência da República; Marina Silva permaneceria como vice; sinal de que não há consenso em torno do nome da ex-senadora, que enfrenta resistência do atual presidente da legenda, Roberto Amaral.
 - A colunista Mônica Bergamo, uma das jornalistas mais bem-informadas do País, publicou, nesta tarde, uma informação que pode alterar os rumos da sucessão presidencial.
Segundo ela, uma ala do PSB estaria inclinada a lançar Luiza Erundina, ex-prefeita de São Paulo, ao Palácio do Planalto.
É uma indicação clara de que não há consenso no PSB em torno do nome de Marina Silva, que enfrenta resistência do próprio presidente da legenda e sucessor de Eduardo Campos no cargo, Roberto Amaral.
Nacionalista e defensor de teses contrárias às de Marina, como a energia nuclear, Amaral é aliado do ex-presidente Lula e, no passado, foi contrário à candidatura do próprio Eduardo Campos. Ele defendia o apoio à reeleição de Dilma.
Amaral também foi contrário à aliança entre o PSB e a Rede, de Marina Silva.

http://www.blogdadilma.com/eleicoes/1748-luiza

Nenhum comentário: